Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

Junte-se
a nós!

5ª Edição
Doenças
Autoimunes
e Alergias

Numa pessoa saudável o sistema imunitário reconhece de imediato as diferenças entre as células ‘boas’ e os componentes ‘maus’ que invadem o organismo (vírus, bactérias entre outros).

Doença Autoimune: o sistema imunitário não consegue fazer a distinção entre “células boas” ou “células más” e ataca o próprio organismo. Alguns exemplos são: Lúpus Eritematoso Sistémico, Psoríase, Doença de Crohn, Artrite Reumatoide, Doença Celíaca, Vítiligo, Esclerose Múltipla, Diabetes Tipo1, Miocardite, entre outras.

Alergias: o sistema imunitário ataca substâncias exteriores (alergénios) que são normalmente inofensivas. Os alergénios mais comuns são: Pelos de animais, Bolor, Ácaros, Pólenes, Alimentos, Medicamentos, Níquel, Picadas de insetos.

Doenças
Autoimunes

Sabia que...

• Existem mais de 100 doenças autoimunes, que envolvem qualquer órgão ou sistema do nosso organismo

• Estas doenças atingem três vezes mais mulheres que homens

• As doenças autoimunes são uma das 10 principais causas de morte nas mulheres com menos de 65 anos

• Estas doenças afetam mais de 100 mil pessoas em Portugal

• Os sintomas são variáveis de uma doença para outra e até dentro da mesma doença e podem ser enganadores uma vez que estas doenças afetam várias partes do corpo

• Os órgãos e tecidos frequentemente afectados pelas doenças autoimunes incluem as glândulas endócrinas (tais como a tiroide, pâncreas e suprarrenais), componentes do sangue (como os glóbulos vermelhos ou as plaquetas) e o tecido conjuntivo: pele, músculo e articulações

Alergias

Sabia que...

• As alergias afetam cerca de 25% da população mundial

• A Organização Mundial de Saúde classifica as alergias como uma das quatro doenças crónicas mais importantes do mundo

• As doenças autoimunes são uma das 10 principais causas de morte nas mulheres com menos de 65 anos

• Cerca de 20% dos pacientes com alergias vive com uma variante grave e muito debilitante desta doença apresentando um elevado risco de ataque de asma, choque anafilático ou mesmo morte devido a uma reação alérgica

• Em 2015 foram internadas em hospitais europeus 7 vezes mais pessoas do que em 2005 devido a reações alérgicas graves

• Os custos indiretos evitáveis da falta de tratamento adequado da alergia na UE são estimados entre 55 e 151 bilhões de euros por ano

• As alergias respiratórias duplicaram no espaço de vinte anos

• Em Portugal, as doenças respiratórias, muitas vezes relacionadas com alergias, são responsáveis por 15 milhões de baixas anuais, por 5 milhões de consultas e 1,8 milhões de idas às urgências

• A Organização Mundial da Saúde estima que há 300 milhões de pessoas com asma em todo o mundo e que chegará a 400 milhões até 2025. Por ano, ao nível mundial, morrem aproximadamente 250 mil pessoas prematuramente devido à asma; quase todas essas mortes são evitáveis

• A rinite alérgica é a forma mais comum de rinite não infecciosa, que afeta entre 10% e 30% de todos os adultos e até 40% das crianças.

Alergias

Quando as nossas
defesas são exageradas
ou ficam desorientadas

Desde tempos imemoriais que os humanos erguem muralhas defensivas e organizam hordas de exércitos para combater os inimigos invasores. Orientados por complexas cadeias de comando os soldados obedecem fielmente às ordens recebidas, sacrificando-se, com a própria vida se necessário, com um único propósito: vencer as batalhas e expulsar os agressores. Uma vez bem sucedidos, garantem a sobrevivência dos seus.


Ações e
Eventos

De Norte a Sul do país, e ilhas, estão a ser organizados muitos eventos pela Maratona da Saúde que incluem: caminhadas, corridas, espetáculos de dança, festas, jantares, jogos de futebol.

Todas estas ações têm em comum a angariação de donativos para combater as Doenças Autoimunes e as Alergias. Não importa o valor, importa o desafio, a criatividade e a vontade de vencer estas doenças.

Pense numa atividade e entre em contacto com a Maratona da Saúde:
Envie um e-mail para [email protected]

Eventos
Solidários
na Escola

Dezembro de 2017 – Junho de 2018, Todo o país

Organiza um evento solidário pela Maratona da Saúde na tua Escola!

Junta colegas, professores e família e coloca a tua escola no pódio nacional dos eventos mais originais.

Cada € que angariares vai ajudar no combate às Doenças Autoimunes e Alergias!

Precisas de ideias?
Quiz, Venda de bolos, Torneio de xadrez, Jantares e Jogos solidários, Corridas e Caminhadas entre outros

Para mais informações sobre os eventos nas escolas enviar um email para [email protected]

Porquê?

• Incentivar ações de responsabilidade social na escola

• Representar a escola numa iniciativa de âmbito nacional

• Levar a escola ao mundo do espetáculo

Maratona da Saúde
no NOS Alive 2017

A Maratona da Saúde marcou novamente presença neste grande evento de música, arte e ciência. Esta edição dedicada às doenças autoimunes e alergias, os voluntários da Maratona da Saúde tiraram fotografias e fizeram jogos com os festivaleiros no recinto do festival.

Brinquedos
solidários
Science4you

1 de Dezembro 2017 – 1 de Junho de 2018, Lojas Science4you, Todo o país

A Maratona da Saúde e a Science4you renovam a sua parceria, nesta edição dedicada às Doenças Autoimunes e Alergias, através de uma campanha solidária com os brinquedos “O Meu Primeiro Kit de Ciências” e “Super Kit de Ciências 6 em 1”. Por cada um destes brinquedos vendidos em todos os pontos de venda da Science4you 0,5 € será doado à Maratona da Saúde.


São Silvestre
de Braga e
cidade do Porto

17 e 30 de Dezembro 2017

A Runporto, empresa promotora das corridas São Silvestre de Braga e Cidade do Porto, cedeu novamente inscrições solidárias à Maratona da Saúde para estas emblemáticas provas. As corridas ou caminhadas, de 10 ou 5 km respetivamente, realizam-se nos próximos dias 17 e 30 de dezembro, em Braga e no Porto respetivamente.

Para participar nestas provas de uma forma solidária envie um email para
[email protected]


III Jantar de
Fados Solidário

7 de Dezembro 2017, Adega do Falhão, Caparide

Este é já o 3º Jantar de Fados Solidário na Adega do Falhão que reverte para a Maratona da Saúde..

Durante este evento, que tem como cabeça de cartaz a fadista Cristina Madeira, serão angariados fundos para apoiar a investigação biomédica na área das Doenças Autoimunes e Alergias.


Gala Solidária
da APEF

1 de Dezembro, ANF, Lisboa

A Gala Solidária da Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia (APEF) é uma noite solidária, num espaço partilhado por estudantes, antigos estudantes e distintos profissionais do setor, com o objetivo primordial de angariar fundos para uma causa nobre, que este ano será a Maratona da Saúde.


Parceiros

Sustentabilidade

Mecenas e Patrocinadores

Institucional

Prémios

Prémios Doenças Autoimunes e Alergias

Os Prémios Maratona da Saúde 2018 para a Investigação em Doenças Autoimunes e Alergias irão distinguir os melhores projetos de investigação científica nestas áreas. As candidaturas para estes Prémios serão abertas para a comunidade científica durante o 4º trimestre de 2018, em parceria com o a Fundação para a Ciência e a Tecnologia..

Media

Nota Informativa
16 abril 2018


No cumprimento da lei 18/99 de março, a Maratona da Saúde informa que entre os dias 7 e 12 de abril de 2018 recebeu donativos no total de 100.5 Euros. Este valor foi obtido através das seguintes formas:

...

a) Chamadas telefónicas de valor acrescentado, cuja linha é atribuída pela Meo Comunicações e o respetivo número é o 760 20 60 90 (custo da chamada 0,50€ + IVA);
b) Transferências bancárias e referências multibanco.

A 5ª Edição da Maratona da Saúde é Dedicada às Doenças Autoimunes e Alergias.

A sua ajuda faz a diferença.

Apoie a Maratona da Saúde

Ligue 760 20 60 90 (0,5 € +IVA)

IBAN PT50 0035 0413 00044189 730 73


Está a chegar o Dia mais Solidário do Ano!


A 5ª edição da Maratona da Saúde será dedicada às Doenças Auto-imunes e Alergias. Aliando o entretenimento à informação sobre temas de saúde e ciência, esta iniciativa pretende sensibilizar e informar a sociedade civil sobre os avanços científicos na área da saúde e apoiar a investigação biomédica de excelência em Portugal.

...

Os Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica que são atribuídos anualmente em parceria com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia pretendem financiar cientistas que trabalham em instituições portuguesas nas várias áreas da saúde. As passadas edições foram dedicadas a temas como Cancro, Diabetes, Doenças Neurodegenerativas e Doenças Cardiovasculares, e financiaram mais de 11 cientistas.

Mas o que faz falta em Portugal para que iniciativas como a Maratona da Saúde tenham sucesso? Maria João Leão, uma das diretoras executivas desta iniciativa, explica que "o sucesso das iniciativas como a Maratona da Saúde noutros países como França, Itália ou Catalunha (Espanha), prende-se com o facto de serem desenvolvidas com regularidade há mais de 30 anos, tendo já sido criado o hábito da comunidade fazer donativos para esta causa anualmente. Por outro lado, os fundos angariado nesses países já permitiram financiar e desenvolver investigação científica que possibilitou o desenvolvimento de tratamentos inovadores para várias doenças, com grande impacto na qualidade de vida de alguns doentes, o que demonstra o sucesso e a utilidade pública deste formato". Acrescenta ainda que "em Portugal, os principais desafios da Maratona da Saúde têm sido criar conteúdos informativos e de sensibilização na área da saúde e diversificar os meios de divulgação, permitindo que a mensagem de esperança chegue a mais pessoas, utilizando formatos mais imediatos e atuais como SMS ou Aplicações móveis".

Os vencedores da edição passada já foram revelados. Inês Falcão Pires, com o projeto "Remodelagem reversa: estudo de um processo de recuperação cardíaca em mulheres grávidas", que pretende estudar um grupo de mulheres grávidas saudáveis no período do periparto, a fim de compreender o processo de recuperação cardíaca em doentes cardiovasculares. Uma vez que a insuficiência cardíaca é uma das principais causas de morte em todo o mundo, este projeto tenciona desvendar potenciais biomarcadores de prognóstico da doença.

Outro projeto vencedor foi o do Professor Dr. José Delgado Alves, intitulado "Influência do colesterol HDL na regulação da resposta imunitária e na activação de linfócitos T". Sendo que as HDL são as lipoproteínas plasmáticas responsáveis pela remoção do colesterol em excesso nas células e sua eliminação, este projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de fármacos para a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares, através do estudo sobre os efeitos do colesterol HDL na modulação do sistema imunitário humano.

Sofia Rodrigues, também diretora executiva da iniciativa, afirma que "a parceria com a RTP tem construído um caminho de sucesso e contribuído significativamente para o aumento de informação sobre saúde e investigação biomédica na estação pública nacional, derivado dos conteúdos já produzidos nas 4 edições anteriores". Acrescenta ainda que "estes conteúdos contaram até à data com a participação de mais de 100 médicos, investigadores e outros profissionais de saúde, e cerca de 25 casos de vida que sensibilizaram e promoveram o aumento do conhecimento sobre os vários temas abordados".

A 5ª edição da Maratona da Saúde acontece já na próxima sexta feira, dia 13 de abril.


Nota Informativa
2 Abril 2018

2 Abril, 2018 | by Maria João Leão


No cumprimento da lei 18/99 de março, a Maratona da Saúde informa que entre os dias 24 e 30 de março de 2018 recebeu donativos no total de 98.5 Euros. Este valor foi obtido através das seguintes formas:

...

1) Chamadas telefónicas de valor acrescentado, cuja linha é atribuída pela Meo Comunicações e o respetivo número é o 760 20 60 90 (custo da chamada 0,50€ + IVA);

2) Transferências bancárias e referências multibanco.


Nota Informativa
26 Março 2018

26 Março, 2018 | by Maria João Leão


No cumprimento da lei 18/99 de março, a Maratona da Saúde informa que entre os dias 17 e 23 de março de 2018 recebeu donativos no total de 114 Euros. Este valor foi obtido através das seguintes formas:

...

1) Chamadas telefónicas de valor acrescentado, cuja linha é atribuída pela Meo Comunicações e o respetivo número é o 760 20 60 90 (custo da chamada 0,50€ + IVA);

2) Transferências bancárias e referências multibanco.


Nota Informativa
19 Março 2018

19 Março, 2018 | by Maria João Leão


No cumprimento da lei 18/99 de março, a Maratona da Saúde informa que entre os dias 10 e 16 de março de 2018 recebeu donativos no total de 63 Euros. Este valor foi obtido através das seguintes formas:

...

1) Chamadas telefónicas de valor acrescentado, cuja linha é atribuída pela Meo Comunicações e o respetivo número é o 760 20 60 90 (custo da chamada 0,50€ + IVA);

2) Transferências bancárias e referências multibanco.


Ligue 760 20 60 90

Custo da chamada 0,60€+IVA-€0,60
reverte para a Maratona da Saúde

+351 213 246 270
Linha Altice Portugal / Maratona da Saúde

Estrangeiro ou Donativos
superiores a 2 Euros

Faça download da nossa
Brochura aqui

Faça um

donativo

Contactos

Rua da Quinta Grande, n.º 6

2780-156 Oeiras - Portugal

(+351) 214 464 677

(+351) 214 464 657

Criado e Desenvolvido por Creative Minds.